Morar sem fronteiras

1
contato@umbrinco.com

O fim das paredes que separam os cômodos de uma casa poderia ser perfeitamente o subtema da mostra Morar Mais por Menos deste ano. Uma das soluções mais usadas pelos arquitetos para ganhar amplitude em pequenos espaços.

Estúdio da Jovem

Estúdio da Jovem

O melhor exemplo foi dado pela dupla Isabella Lucena e Joanna Fraga, autoras do Estúdio da Jovem.  Elas provaram que um ambiente de 36 m2, sem divisões, pode caber um apartamento inteiro com lugar para dormir, trabalhar, vestir, comer, ver TV, cozinhar e receber. E mais: dando a impressão de que o espaço é muito maior do que um quarto-e-sala de 50 m2 comum. Nesta proposta, morar mais por menos foi possível a partir da transformação de um cubículo em um espaço multifuncional onde não há sensação de confinamento.

Estúdio da Jovem

Estúdio da Jovem

O estúdio, na verdade é um apartamento completo. Um dos espaços mais charmosos e conceitualmente mais bem trabalhados do evento. Super gracioso!

MorarMais2 046

Um dos segredos foi aproveitar ao máximo o pé-direito alto como espaço vertical. As arquitetas usaram e abusaram de prateleiras e armários sob medida, especialmente na cozinha.
No pequeno ambiente rosa tem lugar para tudo: fogão, mini-geladeira, pia, armário, microondas, prateleiras, cafeteira elétrica, pendurador de panelas e local para guardar mantimentos .
Tudo organizado com muito charme e valorizado pela iluminação embutida.
Apesar das cores vibrantes, a decoração não é cansativa.

Mas a grande sacada mesmo foi eliminar as paredes. O resultado foi um mini-loft que parece ser bem maior do que na verdade é.

quarto1

Com um estilo contemporâneo, delicado e alegre, o quarto da jovem tem cama de casal, mesa de cabeceira, cômoda multifuncional, luminárias dos dos lados, cabideiro e cortina.

quratoearmario

Do lado esquerdo da cama fica o armário com uma porta de correr espelhada. E atrás do armário, o banheiro.

banheio

Uma porta amarela cria um espaço privativo para o vaso sanitário e o chuveiro. Do lado de fora, um outro ambiente só para a pia, o armário, o espelho e as peças de toucador.

A madeira da bancada separa o banheiro da cozinha.

MorarMais2 056

O sofá divide os espaços entre o quarto e a sala de estar

sofatv

Note que é possível pode assistir à televisão, tanto do sofá, quanto da cama.

No lado oposto, as arquitetas reuniram, com independência, a mesa de refeições, usando um lindo sofazinho amarelo – no lugar de cadeiras – sob o nicho de uma grande estante que vai do chão até o teto, e a mesa de trabalho da jovem.
A marcenaria teve a função crucial de dividir os ambientes (nos casos imprescindíveis) a um custo de R$ 14 mil, não incluindo a estante.
A ausência das divisões tradicionais de tijolos proporcionou mais conforto, sem prejudicar a qualidade e a estética.

MorarMais2 095

Mesa de Trabalho da Jovem

Resta saber como funciona no dia a dia. Tudo indica que muito bem. Afinal, para que servem as paredes?

Share.

About Author

1 Comentário

Leave A Reply