“Me colore que eu tô bege”

36

Ouvi essa frase outro dia na televisão e não resisti. Caiu como uma luva para um post que eu já estava para fazer faz tempo. Antes de tudo, vamos combinar que eu não tenho nada contra o gosto dos outros. Muito pelo contrário, hoje temos muito mais liberdade para assumir nossas preferências na hora de decorar a casa. Ainda bem!
Mas refletir sobre os elementos que compõem os ambientes é um exercício saudável. Expressar nossa opinião também. Dito isso, hoje resolvi escrever sobre ambientes beges e monocromáticos e sobre a história que existe por trás do uso dessa cor na decoração.
A decoração dos espaços das fotos abaixo são lindas. Mas quando me imagino neles sinto que está faltando alguma coisa para me deixar feliz. Não seria um toque de cor? “Algum veneno antimonotonia?

Bege7
Aqui ainda tem um pequeno quadro colorido, mas é bege demais!

Bege

Bege1

Bege (2)

Bege5

Bege20

Begecasa-cor-parana

Begecasa-cor-parana2

Quando falo em ambiente bege, me refiro a todas as suas gradações, do branco off-white ao marrom.

Loft3

Só existe um caso em que abro uma exceção para o bege total: quando a decoração é rústica e bem natural.

Rustico28
BegeNatural
Mesmo assim, repare na importância da almofada vermelha no conjunto.

DelicadezaRustica

Também gosto quando o espaço tem porta de vidro e uma vista exuberante. Neste caso, a natureza é “senhora”, o beje não reina absoluto!

Bege11

O bege e as cores neutras na decoração vêm de uma época em que o “bom gosto” era um conceito fechado, que vinha de fora para dentro, quase que imposto. Naquele  momento da história da civilização ocidental, virou sinônimo de elegância. A ousadia era considerada extravagante. Analisando com um pouco mais de profundidade, me atrevo a dizer que era também uma forma de comodismo. Com medo de errar, adotava-se o bege e as outras cores neutras: preto, branco e cinza.

Hoje vivemos uma nova era, de maior liberdade de expressão. Descobrimos o quanto as cores podem alegrar os ambientes. Quem gosta de ser triste e sem graça? Algumas pessoas gostam e eu respeito. Mas muitas não gostam!

No mundo contemporâneo buscamos soluções estéticas que reflitam nossa personalidade, não temos que seguir um estilo único, as misturas podem resultar numa excelente composição visual, e muito mais.

Veja, por exemplo, como esta sala ficou agradável apenas com toques de cor, mesmo que sutis:

aconchego1

Aqui também o colorido do tapete fez toda a diferença:

Cor11

Então, na hora de decorar a sua casa ou de chamar um arquiteto. Pense bem se é isso que você quer para o seu refúgio. Que sensação essa cor te transmite. Se gostar, adote. Do contrário, não tenha medo de tomar as rédeas. Os arquitetos podem te ajudar a compor o ambiente do jeito que você quiser. Você será sempre a prioridade.


Poderá gostar também de:

PoderaGostarTransparenciaeTudo PoderaGostarBebesGemeos Podera18Solucoes PoderaGostarMagiadeumTapeteListrado

Share.

About Author

Leave A Reply