Mostras vão além do prêt-à-porter

1
Alexandre Lobo e Fabio Cardoso_20120927_015
Alexandre Lobo e Fabio Cardoso – Casa Cor

As mostras de decoração deveriam ser vistas da mesma maneira como são apreciados os desfiles de moda. Alguns desfiles são mais comerciais e até é possível usar um look inteiro, mas o intuito principal não é esse. Desfiles, em geral, são conceituais. E assim como nos desfiles os estilistas têm liberdade total para se expressar, os arquitetos e designers de interiores também aproveitam as mostras para apresentarem obras mais autorais, sem as amarras das necessidades e gostos de cada cliente.

image015
Morar Mais por Menos RJ 2012

O motivo deste post é que ouço muita gente falar que “as mostras não tem nada a ver com a realidade” – mas não é para ter mesmo, ou melhor, não totalmente – ou que “é tudo muito bonitinho, mas não funciona lá em casa”. Nem tudo é para  funcionar em qualquer casa.

Caco Borges_20120929_010
Estúdio do Jornalista por Caco Borges – Casa Cor RJ 2012

Um exemplo: o estúdio do Caco Borges na foto acima. É lindo de morrer! Ele aproveitou o pé direito altíssimo e criou um mezanino multifuncional (quarto e biblioteca). O piso do mezanino é de vidro cristal transparente. Quando estive lá fiquei com medo de andar! Imagina se eu iria dormir num ambiente com chão de vidro como se andasse no ar? E a vertigem? É uma viagem! Mas é aí que está a graça! Poder experimentar novas sensações para saber se gosta, enfim, abrir os sentidos e a mente para novas possibilidades. Além no mais, ele me deu uma ótima idéia ao mostrar como usar o vidro para equilibrar o visual com elementos mais pesados, como o aço. O resultado é um decór contemporâneo e leve.

Carlos Murdoch, Georgia Mantovani e Luciana Sodre_20120928_003
Carlos Murdoch, Georgia Mantovani e Luciana Sodre – Casa Cor RJ 2012

Como os desfiles, as mostras também servem para propor ou refletir tendências, mas a maneira de apresentá-las é mais artística. Por exemplo, na Casa Cor RJ deste ano, inúmeras obras de arte foram espalhadas pelos ambientes. Eu pergunto: quantas pessoas podem fazer de suas casas uma galeria? Mas o propósito é mostrar como a beleza se forma, elevar o nível de cultural e de percepção dos visitantes. É como se uma abelhinha assoprasse em nosso ouvido: “viu como a arte tem um grande poder de tornar as casas mais belas?”

Luiz Fernando Grabowsky_20120928_001
Luiz Fernando Grabowsky – Casa Cor RJ 2012

Quando vemos, nos  desfiles de moda, uma modelo cheia de babados, rendas e volumes exagerados, não quer dizer que temos que sair por aí como uma mãe de santo. Mas que a moda está mais romântica, que toques de renda podem nos deixar mais femininas.

image013
Quarto de Bebê Menino por Ana Caminha, Loana Goldschimidt e Carla Cotrim – Morar Mais RJ

As mostras também servem para apresentar lançamentos de produtos e novas tecnologias (é  bom conhecer), como revestimentos, sistemas automatizados que facilitam o funcionamento da casa e trazem maior comodidade para o morador, além de contribuir para a sustentabilidade. Quanto mais sabemos sobre as novidades, mais ampliamos nosso leque de soluções e alternativas.

Ana Lila Denton e Juarez Farias Jr_20120926_001
Home-office por Ana Lila Denton e Juarez Farias Jr – Casa Cor RJ 2012

No home-office da foto acima, por exemplo, um dos destaques é a TV que funciona como base da mesa, ajudando a otimizar o espaço.

Como em um desfile, devemos abstrair e olhar para cada detalhe separadamente: cores, estampas, materiais, iluminação, soluções bacanas para pequenos espaços, misturas que produzem bons efeitos…

38 Espaço do Empresário - Ana Lúcia Martins e Denis de Freitas
Espaço do Empresário – Ana Lúcia Martins e Denis de Freitas – Morar Mais RJ

A Morar Mais por Menos tem a vantagem de apresentar misturas hamônicas no estilo hi-lo, que combina peças de design ou mais caras com outras mais baratas e customizadas, o que facilita na hora de nossas escolhas. Na verdade para montar um belo lar, não precisamos  “ter” só coisas caras. O bom gosto não passa pos aí. Já falamos sobre isso aqui. Por outro lado, uma ou outra peça mais cara pode valer muito à  pena por ser de maior qualidade e beleza ímpar.

40 Escritório de Marketing e Design - Marcos Molinari
Escritório de Marketing e Design por Marcos Molinari – Morar Mais RJ 2012

Os ambientes decorados nas mostras, assim como os desfiles, funcionam como lupas, onde os detalhes podem parecer exagerados para que as propostas e conceitos do criador sejam identificados com mais facilidade. Ou mesmo para mostrar que os “exageros”, em muitos casos, cai bem.

Carolina Escada e Patricia Landau_20120927_003
Brigaderia por Carolina Escada e Patricia Landau – Casa Cor RJ

Além disso, servem de inspiração. Às vezes não passava pela nossa cabeça combinar determinados materiais, ou usar duas cores como o azul e o rosa em um mesmo espaço, mas o jeito como é mostrado ajuda a quebrar paradigmas e a inspirar nossas escolhas. Afinal, são elaborados por quem entende do assunto.

Quarto da Menina por Lana Rocha - Morar Mais por Menos Rio 2012 -_foto 3
Quarto da Menina por Lana Rocha – Morar Mais por Menos RJ 2012

As mostras de decoração, como os desfiles, tem seus prêt-à-porter (pronto para usar), mas nem tudo é usável.

Andrea Chicharo_20120928_006
Por Andrea Chicharo – Casa Cor RJ 2012

Não precisamos gostar de um ambiente inteiro, mas certamente poderemos nos inspirar em várias propostas contidas ali. Ou pode amar todo um projeto, mas perceber que não vai funcionar em nossa casa. E sairmos dali pensando em formas de adaptar aquela ideia.

54 Estar dos amigos Brookfield - Denyse Santini e Águeda Santini - foto 4
Estar dos amigos Brookfield – Denyse Santini e Águeda Santini – Morar Mais RJ 2012

No final das contas, o que mais importa são as ideias e recursos apresentados que podem tornar nossa casa mais personalizada.

Share.

About Author

1 Comentário

Leave A Reply