Aço corten: aposte!

0

Quem poderia imaginar que iríamos gostar de ferrugem? Esse mundo é muito louco! Mas não é que é lindo mesmo?

Não é de hoje que o aço corten é usado na decoração. Mas agora, explodiu! O material, que tem aparência de ferrugem, aparece de um jeito ou de outro: como revestimento de parede (amo!), painéis, objetos, detalhes e esculturas. Pode nem ser de verdade. Como quase tudo hoje em dia tem seu correspondente em papel de parede em 3D, porcelanato, entre outros fakes, o que importa é a sensação que o enferrujado transmite. De preferência que não suje as mãos!

Mas de onde surgiu essa paixão inusitada logo pelo ferrugem?? Quem poderia gostar de algo enferrujado? Bem, é aí que entra uma outra tendência forte no momento que é o estilo industrial.
Remonta os primórdios da industrialização. Mas foi na década de 50 em Nova YorK, que artistas e intelectuais , em busca de moradia a preços baixos, ocuparam armazéns, fábricas e galpões industriais abandonados.

Atualmente percebeu-se que os elementos que constituem essa estética combinam bem com outros da típica misturinha contemporânea. O uso do aço, do aço enferrujado (remete ao passado), das lâmpadas com filamentos aparentes (inspiradas nas incandescentes do tempo de Thomas Edson), o concreto, a tubulação aparente e paredes de tijolinho ou descascadas pela “ação do tempo”. Uma outra vertente que valoriza o ferrugem é a filosofia oriental wabi sabi. De acordo com seus preceitos, a beleza estaria na imperfeição, no que é gasto pelo tempo e uso e pelas ações da natureza.

Se combinado com outros itens pode ficar lindo e aconchegante! O aço corten, por exemplo, cai super bem em composições com móveis rebuscados, clássicos ou com elementos bem modernos. Além disso, confere um ar descolado à decoração.

Está cada vez mais em alta! Acho muito bacana!

Veja alguns dos ambientes que usaram o elemento na Morar Mais Rio 2014:

Estudio Kitesurfe projetado por Kelly Almeida

Painel em aço corten com letras vazadas iluminadas por trás.
Estúdio Kitesurfe projetado por Kelly Almeida

Espaco13

 Casa Mar – projeto de Anna Beatriz Fadul

Espaco19

Suite da Carioca – projeto de Anna Plachta
com Camila Dekache e Paula Groishman

Espaco30

Suíte do Fotógrafo – projeto de Deise Maturana e Tamires Ribas

espaco35

Quarto do Universitário- projeto de Ana Ciconha 

Espaco61

Restaurante – projeto de André Rodrigues e Luiza Rodrigues 

Espaco5

Estar do Joá – projeto de Glória Copello

Share.

About Author

Comments are closed.