Cozinha que dá gosto

*
O conceito aqui era ficar tudo à mostra. Panelas, pratos, xícaras e outros utensílios fazem parte da decoração:

_DSC4694

_DSC5376

geladeira

 

_DSC5378

geladeira

_DSC5379

geladeira


_DSC5380

geladeira

_DSC5381

geladeira


_DSC5382

geladeira


_DSC5383

geladeira

_DSC5385

geladeira

_DSC5386
geladeira

_DSC5387
geladeira

_DSC5401


_DSC5404

_DSC5409


Cozinha1

Cozinha2


Cozinha3

Cozinha5


cozinha6Cozinha8

Despensa retrátil para produtos abertos e colocados em potes:

 *

DESPENSA

*

Despensa1

*

Ao final, a cliente disse:  ”a arrumação ficou ótima. Muito obrigada. Mais uma vez agradeço a dedicação que você tem tido com a minha casa”
Gratificante!




Encontro feliz

*

Muitas vezes, o encontro casual de duas coisas forma uma terceira tão encantadora que parece um enigma. É capaz de gerar uma explosão de significados e símbolos que mexem com nosso imaginário a ponto de atrair como um ímã, não apenas uma pessoa, mas várias. Acho que é assim que uma moda pega! Um desses encontros felizes estão nessas imagens, capturadas em diversas partes do mundo. Gosto muito de revelar o que existe de universal na individualidade. Para mim, uma cristaleira ou um armário antigo usado como roupeiro representa aconchego, capricho, carinho, casa da vó, amor, cheiro de lavanda, cuidado, lar, proteção, alegria, memória, gosto de infância…Parei, mas a lista poderia ser bem mais extensa!

 

1920300_462042570564093_87433373_n

provençal2

26951297739539291_5IymOsBv_c

armoire-baby-room

1618574_279952915488454_501060227_n

 

389711_262436630469078_1766051823_n

Cristaleiras-3

dicas-para-organizar-banheiros-amearquitetura-04

*

Mas as fofuras não param por aí! Você imagina quantos novos usos podemos fazer de uma cristaleira vintage? Bem, isso fica para o próximo post!




Empregados domésticos qualificados

*

Realizamos este treinamento em um apartamento na Avenida Atlântica, onde moram um casal com dois filhos. Depois de ensinar como organizar cada cômodo, terminamos, no terceiro dia, com o módulo que ensina a servir, desde um cafezinho a um jantar mais formal. Treinamos os serviços à francesa e à americana, usando copos, taças, louças e talheres da casa. Simulamos diversos cenários: com ou sem peixe, sopa, entrada, sobremesa… *

1375050_414094538692230_1539925904_n

*

1377214_414094608692223_1168573490_n

*

1380639_414094568692227_145246651_n

 

1384317_414094565358894_1955802428_n

*

1391804_414094628692221_597828514_n

*

1378654_414594131975604_1775542489_n

*

1379268_414594185308932_782715526_n

*

1383052_414594211975596_1177153012_n

*

MAPA DE UMA MESA POSTA CORRETAMENTE *

mesa-posta

*

1384336_414594161975601_951795858_n

*

1382286_414594228642261_597910343_n

*

No final, a cliente pediu para organizarmos uma tabela de tarefas diárias, semanais e quinzenal para os empregados. De quebra deixamos um modelo para você imprimir: *

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA*

*

TabeladeTarefas




Penteadeira: o retorno

 *

50 ideias para se inspirar!

Penteadeira-na-decoração-de-seu-quarto-l

Hoje acordei me perguntando: quem será que aboliu a penteadeira! Um móvel tão bonito, útil e funcional! Na verdade, a gente sabe que não foi ninguém em especial. As coisas simplesmente acontecem. Por um ou outro motivo. No caso, atribuo esta saída se cena aos espaços cada vez mais menores dos apartamentos.

A boa notícia é que ela está voltando com tudo. E a melhor ainda é que já sabemos que ela pode ocupar muito pouco espaço. Ela reaparece na decoração de todas as formas: antigas repaginadas, com design moderno ou  até mesmo feitas sob medida.

É um móvel muito útil! Resolve os problemas de organização de maquiagem e cosméticos. Além disso, podemos no sentar diante de um espelho, com todos os produtos e objetos necessários para uma boa produção à mão, com a maior calma deste mundo! Não é o máximo? Se você concorda, inspire-se nesta seleção para os mais variados estilos:

 

PenteadeiraShabby

 

 

penteadeira vintage

 

penteadeira-181

Viu como fica lindo o espelho refletindo algo bonito da decoração, no caso, o papel de parede?

Penteadeira-06

penteadeira-6

Penteadeira9

penteadeira misswallflower

penteadeira19

penteadeiraShabby2

penteadeiraa-900x900

PenteadeiraAnos50

Penteadeira-antiga-20131009030246

penteadeira-azul-11-e1361713019407

penteadeira-BardotLanaLadeira

penteadeira (3)

Foto3

 

penteadeira-quarto

penteadeiras_05

 

PenteadeiraVitoriana

 

penteadeira-vira-nova-apos-banho-de-tinta-cor-de-rosa

 

penteadeira (4)

 

Penteadeira

 

penteadeira-1

penteadeira3

penteadeira-5

penteadeira-07

Penteadeira7

O móvel da foto abaixo é multifuncional. Pode ser usado como mesa de trabalho, aparador, penteadeira ou simplesmente para decorar!

Penteadeira8

penteadeira12

Se puder, o ideal é mandar fazer as divisórias nas gavetas para separar os cosméticos, os itens de maquiagem e até mesmo bijuterias!

Penteadeira11

penteadeira15

Basta um aparador, uma cadeira ou um pufe, e um espelho que já têm uma penteadeira!

Eu mesma fiz um console com duas gavetinhas, um espelho provençal e uma cadeira … Sofia de Phillippe Starck, versão infantil, para um quarto de uma menina que queria penteadeira. Mas como tinha pouco espaço, ela amou a solução! Se sente uma princesa!

_DSC2731a

Meninas e adolescentes amam!

penteadeira14

Pode aplicar lâmpadas em volta para ficar com ares de camarim…

penteadeira16

Penteadeira21

Penteadeira23

Penteadeira26

Essa da foto acima, pasmem! É um banheiro. Mesmo assim, é uma inspiração e tanto!

Penteadeira27

Amamos a decoração da penteadeira acima!

Penteadeira28

Penteadeira29

penteadeira31

Penteadeira32

penteadeira-branca-casa-e-jardim

Penteadeiracontempornea

penteadeira-de-espelhos-e1334862449311

penteadeira-m__ltipla-6

Outra ideia bacana é fazer uma penteadeira e mesinha de cabeceira no mesmo móvel. Dois em um! O tamanho? O que você tiver.

penteadeira-marcel-wanders

Do designer Marcel Wanders

Penteadeiras-Abertura

Até no closet uma penteadeira vai bem:

Penteadeiranocloset

PenteadeiranoCloset2

DICAS:

  • Na hora de escolher o banco ou a cadeira, experimente antes para ver se entra o espaço e se vai ficar confortável. Teste antes também a altura do espelho.
  • Se for recuperar ou repaginar uma clássica, leve em conta o restante da decoração para escolher a cor. Se já tiver muita cor no ambiente, deixe no estado natural da madeira ou escolha uma cor neutra como o branco ou o cinza. Se o ambiente for neutro, uma cor pode levantar e dar personalidade à decoração! Não esqueça de mandar pintar ou laquear também os pés.
  • Sendo antiga ou planejada mande fazer divisórias sob medida de acrílico transparente (funciona muito bem) para organizar maquiagem, cosméticos, perfumes e até bijuterias.
  • É importante que o local onde ela vai ficar tenha uma boa iluminação. Se for o caso uma luminária de mesa pode ajudar.

Organização de maquiagem
Veja no blog Open House Constancezahn 10 dica minhas de organização de maquiagem




34 maneiras simples de organizar colares

*
O despertador toca, você pula da cama, toma café, se arruma. Olha no relógio e não sobrou quase tempo para os retoque finais. Já está atrasada. Abre a gaveta para achar um colar que combine com o look do dia. Pronto, lá se vai seu tempo e sua calma! A ansiedade cresce porque a gaveta das bijuterias está uma bagunça!
Ufa! Você finalmente acha! Tenta puxá-lo, mas quase arrebenta de tanto estresse porque eles estão presos uns nos outros. Sua taxa de ansiedade já alcança índices estratosféricos e o dia mal começou! Isso porque você não escolheu nenhuma correntinha de ouro. Ah! Você já sabe, claro, o que é separar uma corrente das outras não é mesmo?

Que tal facilitar a vida diária dando um tapa na organização dos colares?

A primeira coisa a saber é que a melhor maneira de organizá-los é pendurados em ganchos. Existem uma enorme variedade de modelos no mercado. Você encontra até em loja de ferragem. Pode simplesmente prender uma barra de ganchos nas portas do armário ou de formas mais criativas e decorativas! Inspire-se nessas aqui:

 

1-cj688_cabideiros_861

Puxadores antigos diferentes. Um charme!

 

3_galhos

Galhos naturais ou pintados

 

5-porta-joias-8211-aprenda-a-fazer-247093-4

Toras de madeira toscas como base

 

10-dez-modos-charmosos-de-organizar-as-bijus

Com cabides customizados

 

677abdceda9601068b57cf2c7a9b1a43

Das molduras, use e abuse! É preciso prender os ganchinhos.

381419_10150585379917228_208255632227_10816126_1124564862_n

421195_308387149209829_2032494795_n

Ancinho enferrujado no melhor estilo wabi sabi

 

17522153

Ganchos de varões de cortina

 

193091902743000161_9ADUv6YP_c

Tela de renda com preguinhos em forma de ganchos

cabide-colar

COLARES - PAREDE COM PUXADORES

colarescompuxadores

Mix de puxadores antigos com moldura e prato de bolo

decoraçãocolares

Placa de madeira  forrada com uma estampa bem bonita como base para prender os puxadores  

diy4

DSC00592

DSC01871

FTO_0002097_M

HPIM2597

ideias-para-guardar-suas-bijuterias-18

il_570xn-280164081

IMG_0931

IMG_3361

IMG_68412

Interesting-DIY-Jewelry-Organizer-Antique-Frame-on-the-Grey-Wall-above-the-Cream-Cabients-with-some-Drawers

Jewelry organizer 2.jpg

jewelry-rack-4

SONY DSC

necklaces1

org

organização_bijou

organizacao18

Organizador

Personal37 retroses-de-linha

Carretéis reciclados

tumblr_inline_mg9no2GNiP1r1ojet

Dica: pendure os colares por tipos: pérolas, correntinhas, miçanga, correntonas, tecido, gargantilhas, maxi colares…Fica bem mais fácil de visualizar!




Organização de armário no quarto

Além de ter um closet no andar de baixo, a cliente tinha um armário no quarto.  Depois de um longa conversa, concluímos que tudo ficaria mais funcional se deixássemos no quarto as roupas e calçados do dia-a-dia e levássemos as bolsas e as roupas de festa,  de inverno rigoroso e de viagem para o closet.

ANTES:

1

ANTES

Veja como ficou:

 

014

Uniformizamos os cabides e penduramos corretamente as roupas por por tipo.

025 (2)

 

039

 

037

Por estarem em prateleiras com porta, optamos por caixas de plásticos transparentes para organizar alguns tipos de peças, como roupa de ginástica, lenços, echarpes, roupas de praia… Elas facilitam a identificação do conteúdo e são resistentes.

 

035

Nas portas, prendemos um porta-cintos  e um porta-colares.

 

016

 

015

 

Algumas roupas de cama, que ficavam neste baú (abaixo), se  juntaram às outras no closet, deixando o espaço livre para os tênis.

2

 

101

 

097

 

Organizamos o que foi possível nas gavetas disponíveis, por tipos de roupa:

030

Roupa de dormir

 

028

Calcinhas

 

016 (2)

 

Shorts

 

008

 

Camisetas pólo

 

006

 Bermudas

 

002

 

Camisetas de meia manga

 

003

 

Segunda pele

 

005

 Cosméticos abertos em uso

 Mandar fazer divisórias nas gavetas para maquiagem, jóias e bijuterias ficou para depois para não pesar muito no orçamento. Em vez disso, usamos organizadores com nichos próprios.

021

Maquiagem


019

Jóias e bijuterias

 

020

A maior vantagem do nosso método é que organizamos de um jeito que fica difícil desorganizar!

E o melhor da história é que a cliente amou!!!!

Quer ver como ficou o closet? Clique aqui: http://umbrinco.com/blog/2014/03/04/um-closet-de-verdade/




A reinvenção do passado

Depois de escrever o post anterior, uma ideia leva à outra, e acabei mergulhando no fantástico universo dos móveis repaginados! De fato, estamos vivendo uma época feliz quando se trata de decoração.  A liberdade de expressão leva ao aumento da criatividade. E tem muita coisa linda por aí!

 

1977357_668518796538160_1462454826_n

A onda retrô veio para ficar. É uma nostalgia justificada pela frieza da vida moderna. Falta vida no mundo atual. E nessa liberdade de expressão e reutilização do antigo, incluímos tanto os móveis vintage (originais de época) quanto as reproduções (retrô).

luana-zabot - Cópia

Luana Zabot

1465215_616577668398940_2055277387_n (1)

 

O presente anda vazio.Precisamos preenchê-lo com as maravilhas do passado,  sem deixar de ser modernos. Isso se obtém a partir de  reinvenções. A cada dia aumenta o número de ateliês e lojas especializadas em recriar o que já existe. Você escolhe um móvel antigo ou uma reprodução e eles customizam. Ou vendem móveis que eles mesmo escolheram e transformaram. Pode ser um herdado de uma avó ou outro garimpado numa loja de antiguidades. Muitas vezes, você mesmo pode fazer! Basta gostar de trabalhos manuais!

 

EstudioGloria20

Estúdio Glória

 

Algumas vezes eles gritam: “não me transformem”, de tão belos que são originais ou porque o ambiente pode estar excessivamente colorido e uma madeira vai bem.

EstudioGloria21

Estúdio Glória

 

Como escolher a cor, o tipo de customização e como inserir os móveis transformados no ambiente vai depender do senso estético de equilíbrio, do bom gosto. Caso tenha dúvidas, não exite em buscar ajuda de um profissional.  Mas você também pode usá-los a como bem entender porque a casa é SUA e esse pronome nunca teve tanta força como hoje!

poltrona5

Mas umas dicas a gente pode dar.
Eles ficam bem em todos os estilos, do mais simples ao mais sofisticado, do mais clássico ao mais atual.  E é uma prática que já atingiu os quatro cantos do mundo!

Fizemos aqui uma seleção para inspirar e mostrar como muitas vezes a beleza está em algo que jamais imaginamos.  Como os móveis e ambientes são ultra personalizados, você pode não curtir alguns, mas tenho certeza de que vai cair de amores por outros:

Como repaginar? Pode ser laqueando, com decoupagem, usando pátina, com tinta, papel,  tecido…mil maneiras!

 

FeiraFina1

Feira Fina

 

Screenshot_2013-06-21-10-52-09

 

Uma dica: se for pintar ou laquear o móvel, pinte os pés também.

SandraBarreiro

Sandra Barreiro

quarto-de-crianca-provencal

A pátina de hoje é diferente daquela dos anos 80. A beleza está em deixar o móvel com cara de desgastado pelo tempo.

428070_452471054845806_1132878482_n

inspiracaocomoda

 

InspiracaoCottage49

 

MarcasdoTempo2

 

niece-room-reveal-022-601x400 - Cópia

NezaCesar

Neza Cesar

Não tenha medo de ousar!

neza - Cópia

Neza Cesar

liquidacao-de-verao---velha-bahia-1389616856072_465x500

Velha Bahia

lanaladeira

Lá na Ladeira

Infinitta3

Infinita Decoração e expressão

 

Infinitta2

Infinitta Decoração e expressão

IMG_3225

IMG_3157

 

EstudioGloria13

Estúdio Glória

 

EstudioGloria12

Estúdio Glória

Le_Modiste3

Le Modiste

EstudioGloria11

Estúdio Glória

 

FeiraFina

Feira Fina

EstudioGloria7

Estúdio Glória

Vale juntar a base de um com outra parte de outro formando um design híbrido e atemporal.

EstudioGloria4

Estúdio Glória

blog 1

BHG9

Le_Modiste2

Le Modiste

26951297739539291_5IymOsBv_c

 

1920506_666043276785712_1586738183_n

1920133_750769481609357_420962265_n

Infinitta Decoração e Expressão

1609984_659778837412156_1517229470_n

Tente combinar o móvel repaginado com outro na cor da madeira.

1526480_632556176801089_825727308_n

Misture à vontade o moderno com o antigo. A misturinha é o tempero da decoração contemporânea!

1525127_635492713174102_1720561486_n

Móveis que pertencem à outra época podem ter a função que você desejar.

1474650_631926720197368_1131307547_n

 

1455838_620008678055839_813947927_n

1013669_489618511131060_34667280_n - Cópia

FeiraFinaSaarien

Feira Fina

1011478_494494590643452_1314834474_n - Cópia

995484_492404787519099_207060540_n - Cópia

935968_586046924785348_1005558184_n - Cópia

576777_423395657753346_898131081_n - Cópia

Basar Casa da Vila

 

548355_512316948796359_2074596377_n - Cópia

546378_514052411956146_304903711_n - Cópia

541483_611859992204041_507801097_n - Cópia

524859_436421836450728_1641026361_n - Cópia

250759_406826136076965_1022121101_n - Cópia

68277_488718614554383_415143129_n - Cópia

071

BHG9

Quarto Color Vintage Customizado pelo Ateliando no Tempo Restaurações (3)

Ateliando no Tempo Restaurações

 

cama5

EstudioGloria16
Estúdio Glória

 

EstudioGloria17

Estúdio Glória

EstudioGloria18

Estúdio Glória

EstudioGloria19

Estúdio Glória

 

EstudioGloria22

Estúdio Glória

EstudioGloria23

Estúdio Glória

EstudioGloria24

Estúdio Glória

 

EstudioGloria25

Estúdio Glória

EstudioGloria26

Estúdio Glória

EstudioGloria29

Estúdio Glória

EstudioGloria31

Estúdio Glória

estudiogloria082

Estúdio Glória

estudiogloria091

Estúdio Glória

RetroBR-PH132WWAAY4WBR-1

AdrianaBarra2

Adriana Barra

 

GostoeBomgosto1

 

hipsters 1

 

hipsters 5

 

hipsters 9

 

sabbyChic12

 

425327_309140782481140_1677741423_n

 

1512778_10201301156350315_2094188198_n

 

Às vezes, só um detalhe produz um mega efeito!

1545701_697084223647250_1033782734_n

 

aparador

Pátina com várias cores também dão bons resultados!

 

Azulejos2

O móvel antigo pode ir para qualquer lugar da casa. Experimente e surpreenda-se!

casacomamor2

cc-500x332

cc569-80-closets-caprichados_12

 

Colecoes1

 

CombinacaoPerfeita (2)

 

JoyceDiel1

 

joyceDiel2

 

Laura-Ashley-girls-wallpaper-for-bedroom

 Laura Ashley

Marcasdotempo3

 

movelamarelo

 

penteadeira6

 

 

Philippe Simonneau de Stefano2

Philippe Simonneau de Stefano

 

Phillipe Starck_yoo-25

Phillipe Starck

 

 

 

provencal

 

RebuscadoRustico4

 

retro3

 

retro5

 

Russi_Moscou_Dmitry Velikovsky

Dmitry Velikovsky

 

tendenciadodesign2012g

 

 

TetodeMadeira

trompeloeil3

lanaladeira


Lá na Ladeira

 

A febre é tanta que designers renomados estão fazendo móveis novos com cara de antigos repaginados e repaginando clássicos! Dá uma olhada nestes do Salão do Móvel de Milão 2013:

 

Adriana Scartaris - MOOOI  - Salone del Mobile 2013 - Milão 12

MOOOI  - Salone del Mobile 2013 – Milão

Vitra-milao-design-para-reinventar-a-vida

Salone del Mobile 2013 – Milão

Adriana Scartaris - MOOOI  - Salone del Mobile 2013 - Milão 07

 MOOOI  - Salone del Mobile 2013 – Milão

 

Adriana Scartaris - MOOOI  - Salone del Mobile 2013 - Milão 05

MOOOI  - Salone del Mobile 2013 – Milão

Adriana Scartaris - MOOOI  - Salone del Mobile 2013 - Milão 01

 

  MOOOI  - Salone del Mobile 2013 – Milão

 

d03rqrwrkd7hon7qnt05hxl8g

Estúdio Bojka para o Spazio Rossana Orlandi - Salone del Mobile 2013 – Milão

201xh6rz5dvbcp2hxhp3bmd6i

Vamos aguardar as novidades que já vão chegar da edição 2014 da Feira do Móvel Milão.

Estúdios e Ateliês que customizam móveis:

Infinitta (RJ)
Rua Real Grandeza, 183 Botafogo
021-25270824 21-99985 8581

Lá na Ladeira (RJ)
Rua Maria Eugenia, n. 123 casa – Humaitá
21 3489-5811

Le Modiste (RJ)
Ipanema
021-3256 2199

Bazar Casa de Vila – Mauá (RJ)
Rua Reverendo José Teixeira Rego, 21 – Mauá

Estúdio Glória (SP)
Rua Mateus Grou, 576
011-3097-9970

Ateliando (SP)
11-98486-296

 Feira Fina (SP)
011-8525-1010




Um Brinco responde: móveis chipandelle na cor da madeira ou laqueados?

*

Uma integrante da Comunidade Casa Claudia, Márcia Oliveira Moraes, fez uma pergunta:
“Comprei para o meu quarto, cama, penteadeira e criados chipandelle. Gosto muito do estilo. Em princípio, pensei em mandar laquear tudo, agora estou na duvida. E se deixar tudo original (madeira) vai sobrecarregar o quarto?  Quero tecido floral na parede. Preciso de ajuda”.

 

Eu também gosto destes móveis! Repaginados então, podem ficar super modernos!
A questão levantada por Márcia é bem interessante! O estilo é este:

Cama-Chipandelle-e-2-criados-mudos

E esta é uma penteadeira laqueada pelo Ateliando no Tempo:

Penteadeira Tiffany Ateliando

Como a maior parte do mobiliário do quarto será estilo chipandelle, se deixar todos na cor da madeira, pode pesar sim. A sugestão é que você alterne. Por exemplo, mande laquear (com laca fosca) a cama e a penteadeira e deixe as mesinhas de cabeceira na cor da madeira.  Ou mande laquear as mesinhas e a penteadeira e deixe a cabeceira na cor da madeira. E ainda tem uma terceira alternativa: um móvel laqueado e outro com  pátina.
Se preferir  laquear todos e quiser usar uma cor vibrante, sugiro que um dos móveis seja na cor branca. A não ser as mesinha de cabeceira que ficam bem na mesma cor.
Na hora de escolher o papel de parede, leve em conta a cor escolhida para o móvel. Ou, o que seria mais prático, escolha primeiro o papel de parede e, depois, a cor do móvel. De preferência aplique-o somente em uma parede. Assim formará um conjunto harmonioso.
Um móvel colorido no ambiente é o suficiente para não ficar over. Por isso, acho que deve alternar com o tom da madeira. As cores pedem uma madeira para aquecer o ambiente.
Outra recomendação é que, se optar por uma cor, use o branco como cor de fundo ou outras cores neutras, como o cinza nas outras paredes. Já com a roupa de cama, objetos e almofadas pode brincar bastante com as estampas, sempre observando se as cores combinam entre si.

As imagens a seguir não seguem necessariamente o estilo chipandelle em todo os móveis, mas funcionam bem para inspirar as cores:

 

Quarto Color Vintage Customizado pelo Ateliando no Tempo Restaurações (3)

Ateliando no Tempo Restaurações

A cabeceira acima foi laqueada nas bordas e recebeu um capitonê em patchwork. Ficou lindo! E as mesinhas de cabeceira receberam outra cor (azul). A debaixo  também, só quem em outras cores e sem patchwork.

Quarto Antigo Completo Restaurado e Customizado pelo Ateliando no TempoCamaChipandelle

 Ateliando no Tempo

Penteadeira Chipandalle Ateliando no Tempo

 Ateliando no Tempo

Conjunto Provençal Branco Aletiando

 Ateliando no Tempo

As de cima foram laqueadas todas em branco! Também é uma ótima opção!

le modiste1

Le Modiste
*

NezaCesar

Decorado por Neza Cesar

10-apartamento-pequeno-em-salvador

 

 

351482-Quarto-de-casal-romântico-como-decorar-6

 

begeaconchegante

 

cama5

 

end table 023

Comoda Bombê

EstudioGloria2

Turquesa com puxadores em ouro velho. Maravilhosa!

Laura Ashley9

Por Laura Ashley

 

Laura Ashley13

Por Laura Ashley

 

le modiste1

NovosUsos2




Percentual de estilo ou somos todos ecléticos

*

Estava revendo o trabalho do “queridinho” dos designers de interiores americanos,  Jonathan Adler, e comecei a viajar na ideia dos percentuais como forma de definir os inúmeros estilos contemporâneos persolanizados. Jonathan é conhecido pelo seu estilo happy chic, que consiste em combinar 95% de estilo clássico com 5% de “feliz”, ou seja, de estilo pessoal de Jonathan (irreverente, bem humorado, ousado, extravagante, colorido e vibrante). Como o clássico é muito abrangente – vai desde as culturas greco-romanas até clássicos do art deco dos anos 50 – não é exagero dizer que o estilo dele é bem eclético.

Jonathan Adler

Jonathan Adler

Com tantas possibilidades estilísticas à disposição na decoração contemporânea, definir nosso próprio estilo tornou-se imperativo. Neste contexto, em que passado e presente caminham juntos, a liberdade de expressão e a busca de identidade pessoal abrem as portas para sermos ecléticos. Isso significa simplesmente que podemos ser nós mesmos ao escolher a decoração, sem estarmos presos ao estilo de uma ou outra época, nem a escolas fechadas como a Bauhaus. Pois temos tudo isso à disposição para compor como quisermos. As famosas misturas atuais, uma característica contemporânea.

Claro que também estamos sujeitos aos anseios gerais do nosso tempo (presente). Estes anseios são o que chamamos de megatendências. Elas refletem o sujeito contemporâneo socialmente e a longo prazo.  Entre elas, identificamos a sustentabilidade, o desejo de se aproximar da natureza, a automação e a busca por uma decoração personalizada.

Isso não está meio contraditório? Passado com presente? Natureza com tecnologia? Antigo com novo? Urbano e natural? Individual e social? Retas e curvas? Rústico e elegante? Orgânico e funcional? Brutalista e delicado?…Mas é isso mesmo. Não dá para entender o mundo contemporâneo se não levarmos em conta que a contradição é uma característica fundamental. Já ouviram falar que todas as forças da natureza são compostas de contradições?

Jonathan Adler
Jonathan Adler

Jonathan Adler28
Jonathan Adler

Antigamente, não era assim.  Os estilos eram reflexos de cada época e ponto.  A diferença é que as épocas e o design uniformizavam a moda, o mobiliário e os adornos e, com isso, os indivíduos. Atualmente, ao contrário, buscamos a diferenciação para ir ao encontro de nós mesmos (contradição).
Há uma lista enorme de nomes de estilos históricos: clássico, vitoriano, modernista, art deco, art nouveau… uma infinidade! Para passar de um para outro, as sociedades levavam décadas ou séculos.

vitoriano-2

Vitoriano

 

Os irmãos Layarc o Le Petit Zinc Art-nouveau

Art-nouveau – Le Petit Zinc

 

art-nouveau4

Art-nouveau - Le Petit Zinc 

É muita beleza produzida pela humanidade, não é não? Além disso, os estilos históricos carregam memórias! Dá para jogar tudo isso fora? É nessa questão que vive o homem contemporâneo! Ter estilo (próprio) é o novo luxo!

E nessa busca de nos ver refletidos na decoração, querendo ou não, lançamos mão dos estilos do passado que, misturados às megatendências contemporâneas, nos permitem compor espaços personalizados. Sim, porque o mercado não oferece “nosso” estilo pronto. Isso seria impossível. O estilo individual precisa ser construído por nós. E o que define o “nosso estilo” é o jeito de nos apropriarmos de elementos do presente e do passado, com os quais nos identificamos, e o percentual de cada estilo que fazem parte da nossa composição.
Em última análise, o sujeito contemporâneo é inevitavelmente eclético. Múltiplo e único (contraditoriamente).

Jonathan Adler3

Jonathan Adler

Jonathan Adler27

Jonathan Adler

Eu, por exemplo, poderia definir o meu como 50% rústico + 20% clássico  + 30% contemporâneo e pessoal. E ele poderia ser batizado de “natural poetry”. Já você pode ser 40% clássico sofisticado + 30% campestre simples + 20 % romântico. E o nome do seu estilo ser shabby chic, que já é uma mistura de estilos anteriores, assim como o happy chic. Deixando 10% para você personalizá-lo e para o design contemporâneo, poderíamos dar um novo nome a ele. Assim, se você tem estilo, nunca vai ter uma decoração igual a outra.

É como as cores. Elas são limitadas, mas o que um artista pode fazer com elas é infinito e único.

Jonathan Adler36

Jonathan Adler

E já que Jonathan Adler foi a inspiração deste post, que tal nos aprofundarmos um pouco mais no estilo que faz a cabeça de tanta gente, que é capaz de agradar diversos tipos de personalidades? Às vezes, a identificação com o estilo de um designer de interiores contemporâneo é tanta, que simplesmente adotamos um estilo já existente. Eu acho o dele um pouco excessivo, às vezes, já em outras  não. Gosto muito quando ele é mais contido.

Jonathan Adler31

Jonathan Adler


Jonathan Adler30

Jonathan Adler

Mas entendo esse exagero porque é difícil mesmo abrir mão de tantas referências e coisas lindas que “adoramos”. A beleza está em todo lugar. O acesso à elas está ao alcance de um clique. Ser antenado é ser também bombardeado esteticamente o tempo todo. Escolher o que deixar de levar para casa não é fácil.

Jonathan Adler38

Jonathan Adler

Por outro lado, Jonathan Adler tem um incrível senso de equilíbrio e harmonia. A simetria e o uso das linhas geométricas amenizam o excesso de informação, de cor, de estampas e de objetos.

jonathan-adler04
Jonathan Adler

Jonathan Adler33

Jonathan Adler

Jonathan Adler35

Jonathan Adler


Jonathan Adler37

Jonathan Adler


jonathan-adler

Jonathan Adler


Jonathan Adler

Jonathan Adler

Grande parte dos adornos é feita por ele mesmo. Ceramista de mão cheia é famoso por criar peças divertidas, que levantam qualquer décor. Seu trabalho é vendido numa rede própria de lojas em Nova York, Miami e Londres.

Jonathan Adler

Jonathan Adler

Jonathan Adler_CharadeVases_B_535_150dpi

Jonathan Adler

Jonathan Adler2

Jonathan Adler

Jonathan Adler7

Jonathan Adler12

Jonathan Adler

Jonathan Adler24

Jonathan Adler

Jonathan Adler25

Jonathan Adler26

Jonathan Adler

Jonathan Adler29

Jonathan Adler

Jonathan Adler39

Jonathan Adler

Jonathan Adler40

Jonathan Adler

jonathan_adler

Jonathan Adler

jonathan-adler-bedroom

Jonathan Adler

jonathan adler

Jonathan Adler

jonathan-adler-fall-catalog-03

Jonathan Adler

jonathan-adler-fall-catalog-04

Jonathan Adler


jonathan-adler-fall-catalog-07

Jonathan Adler


Jonathan-Adler-Interior-Design-Hound

Jonathan Adler

 

Não é encantador? Mesmo que a gente não goste de tudo, é uma fonte de inspiração e tanto!

Espera! O post ainda não terminou. Guardei para o fim o famoso manifesto de Jonathan Adler que, embora tenha sido escrito há cerca de 10 anos, continua atual.

Tentando traduzir:

  • Acreditamos que sua casa deve te fazer feliz.
  • Acreditamos que a mulher sempre tem razão quando se trata de decoração. A não ser que seu marido seja gay.
  • Acreditamos em carboidratos e que se dane as conseqüências.
  • Acreditamos que minimalismo é um saco.
  • Acreditamos que trabalhos manuais melhoram a vida.
  • Acreditamos que os pendões são os brincos da casa.
  • Acreditamos em nossos musos: David Hicks, Alexader Girad, Bonnie Cashin, Hans Coper, Gio Ponti, Andy Warhol, Leroy Neiman, Yves Saint Laurent e Madonna.
  • Acreditamos na elegância inata da combinação de vermelho com marrom.
  • Acreditamos em pouca roupa ou em muita roupa, sempre.
  • Acreditamos em símbolos infantis, como borboletas e corações.
  • Acreditamos que as celebridades têm que pagar o preço total.
  • Acreditamos no “modernismo rústico” de casas de praia com vigas aparentes,  em alimentos crus, em moradias em formas de cúpulas geodésicas.
  • Acreditamos no estilo “Palm Beach”: cadeiras Luis XV, motivos chineses, Lilly Pulitzer, The Breakers.
  • Acreditamos que nossos designs valem prêmios, mesmo que a gente nunca tenha ganhado um.
  • Acreditamos que cachorros deveriam ser permitidos em lojas e restaurantes.
  • Acreditamos em antiguidades como armaduras, sofás Chesterfild usados​​, tapeçarias heráldicas.
  • Acreditamos em ajuda aos artesãos.
  • Acreditamos que você tem que jogar fora seu Blackberry e ir colher algumas amoras de verdade.
  • Acreditamos que as cores não podem se chocar.
  • Acreditamos que você deve quebrar seu indez na sua panela.
  • Acreditamos que nossas luminárias vão fazer você ficar mais jovem e magro.
  • Acreditamos no luxo irreverente.

Quanto estilo!!!

 

TopBlog2




Um closet de verdade

Para começar, trata-se de um closet real, e não de vitrine, como muitos que tenho visto por aí. Sim porque as pessoas não têm só quatro camisetas ou duas bolsas e 5 pares de sapato, como aparece em algumas fotos sobre organização de closet.
Além do closet, a cliente tem um armário no quarto, onde queria deixar somente as roupas e acessórios que usa mais no dia a dia. A primeira providência, então, foi separar o que ficaria no quarto e o que iria para o closet (que fica em outro andar da casa).

 

074

DEPOIS

No closet:

  • A maior parte dos sapatos
  • Bolsas
  • Carteiras de noite
  • Vestidos de festa
  • Roupas de frio (viagem)
  • Roupas de praia
  • Outras peças que não couberam no armário do quarto
  • Uma parte dos cintos
  • Estoque de roupa de cama
  • Estoque de lingerie
  • Estoque de meias

Embora tenhamos feito o descarte na primeira etapa, sobrou muita coisa para ser guardada. Uma boa parte, composta de estoque, como podem ver na lista acima.
Na prateleira do alto, as roupas mais quentes (lá ou linha grossa). Descendo, criamos pilhas por categorias de blusas. Exemplo: manga comprida de malha, manga comprida de linha, meia manga bordada, meia manga de linha, meia manga de malha…Tudo de forma bem funcional. E para que as empregadas e a própria moradora não perdesse tempo em descobrir as pilhas na hora de guardar ou usar, identificamos todas elas com etiquetas.

*

019

DEPOIS

Usamos a prateleira de baixo para organizar as bolsas em pé e enfileiradas. Desta forma, todas ficam à vista e quanto uma é retirada não desarruma as outras. Para complementar a organização das bolsas, usamos uma cinta na porta.

027

052

DEPOIS

Nas gavetas com visor de vidro, organizamos as bolsas de noite e as necessaires.

059

DEPOIS

E as big bags moles e duas bolsas que não couberam na prateleira.

063

DEPOIS

As duas últimas gavetas foram usadas para complementar a organização dos sapatos.

012

DEPOIS

Do outro lado, os dois cabideiros compridos foram usados para vestidos de festa (o primeiro) e saias (o segundo). No cabideiro do meio, ficaram os casacos que dão para usar no inverno do Rio de Janeiro, por categorias: couro, blazer e de tecido. No alto, o estoque de roupas de cama e todas as roupas de viagem e de esqui foram comprimidas em Spaces Bags por grupos:  luvas e meias, gorros e cachecóis, casacos esportivos, pulôveres…todos identificados com etiquetas.

030

DEPOIS

034

DEPOIS

Nas caixas, roupas de praia e sandálias havaianas.

039

DEPOIS

Cangas, roupas de ginástica e vestidos de malha, nas prateleiras à direita.
Nas gavetas, cintos e estoque de calcinhas, sutiãs e meias.

069

 

Momentos do processo de organização

 

002

005

Como a organização foi realizada junto com o treinamento de empregadas, a foto mostra  a arrumadeira fazendo as dobras com o gabarito.

008

010

Acima, roupas de viagem e esqui sendo guardadas em Spaces Bags.

011

Quer ver como ficou o armário do quarto do casal? Clique aqui: http://umbrinco.com/blog/2014/03/20/organizacao-de-armario-no-quarto/